Sola Gratia & Sola Fide: Os artigos pelos quais a Igreja se mantém de pé ou cai

2017, 500 anos da Reforma Protestante

A Reforma Protestante foi um movimento reformista ocorrido no seio da igreja cristã no século XVI, iniciado por Martinho Lutero, em 1517.

Para celebrarmos os 500 anos deste movimento, acho importante começar pelos 5 pontos basilares desenvolvidos pelos reformadores, os chamados cinco solasSola Scriptura (Somente as Escrituras),  Solus Christus (Somente Cristo), Sola Gratia (Somente a Graça), Sola Fide (Somente a Fé) e Soli Deo Gloria (Somente a Deus, Glória).

Para o estudo e maior compreensão destes pontos, recorri às excelentes palestras do Professor e Pastor Franklin Ferreira, disponibilizadas no You Tube.

Neste POST, quero destacar dois destes solas, o Sola Gratia e e o Sola Fide, desenvolvidas através da Palestra proferida pelo referido Pastor e publicada em 06/01/2016. In:

Destaques

1. Sola Gratia

  • A mensagem de salvação está escassa hoje em dia. Muitas mensagens, via de regra, são calcadas no poder do homem. A mensagem é o produto e os crentes, os consumidores.
  • O fundamento da nossa salvação é a graça. A graça é livre e é conferida – como uma dádiva – ao crente.
  • Deus mesmo se entregou em favor do homem. Somos declarados homens e mulheres retos e justos pela graça de Deus em Cristo.
  • Os textos de Romanos 5.2-21 e 1Corintios 15 resume toda a história da humanidade em duas pessoas: Adão e Cristo. Cristo, o segundo Adão, efetuou uma nova criação.
  • Jesus é o Filho Amado, mas no calvário, ele assume a ira de Deus. E ele não se tornou pecador, apenas satisfez as exigências do Pai.
  • A justificação não é gradual, e sim completa.

Conclusão

“Reafirmamos que na salvação somos resgatados da ira de Deus unicamente pela sua graça. A obra sobrenatural do Espírito Santo é que nos leva a Cristo, soltando-nos de nossa servidão ao pecado e erguendo-nos da morte espiritual à vida espiritual.

Negamos que a salvação seja em qualquer sentido obra humana. Os métodos, técnicas ou estratégias humanas por si só não podem realizar essa transformação. A fé não é produzida pela nossa natureza não-regenerada.” (A Declaração de Cambridge, Tese 3)

2. Sola Fide

  • Conforme Romanos 4, Abraão, Moisés e Davi foram declarados justos pela fé somente.
  • A fé é o reconhecimento de que não temos mérito para barganhar com Deus.
  • Fé é crer e confiar em Jesus. A fé não é o fundamento da justificação e sim, a graça. Não importa o tamanho da fé do crente, importa a fé, mesmo pequena.
  • Hebreus 11 e 12 tratam de gente como a gente, mesmo sendo chamados de heróis. Jesus foi o autor da fé daqueles heróis.

Confissão de Augsburg, Artigo 4: Da Justificação:

Ensina-se também que não podemos alcançar remissão do pecado e justiça diante de Deus por mérito, obra e satisfação nossos, porém que recebemos remissão do pecado e nos tornamos justos diante de Deus pela graça, por causa de Cristo, mediante a fé, quando cremos que Cristo padeceu por nós e que por sua causa os pecados nos são perdoados e nos são dadas justiça e vida eterna. Pois Deus quer considerar e atribuir essa fé como justiça diante de si, conforme diz São Paulo em Romanos 3 e 4.

  • A obra de Cristo é a base para sermos tratados como homens justos e retos. Mas sempre seremos pecadores. De um lado, continuamos sentido os efeitos da velha natureza, e de outro, nada não nos separa do amor de Deus. Ou seja, somos ao mesmo tempo, justos e pecadores…

Conclusão

Reafirmamos que a justificação é somente pela graça somente por intermédio da fé somente por causa de Cristo. Na justificação a retidão de Cristo nos é imputada como o único meio possível de satisfazer a perfeita justiça de Deus.

Negamos que a justificação se baseie em qualquer mérito que em nós possa ser achado, ou com base numa infusão da justiça de Cristo em nós; ou que uma instituição que reivindique ser igreja mas negue ou condene sola fide possa ser reconhecida como igreja legítima. (A Declaração de Cambridge, Tese 4)

Esta entrada foi publicada em Teologia e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas a Sola Gratia & Sola Fide: Os artigos pelos quais a Igreja se mantém de pé ou cai

  1. Cícera Amorim disse:

    Reafirmo que só através de Cristo somos salvos.

  2. Cícera Amorim disse:

    Reafirmo que quem me justíficaé Deus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.